terça-feira, 23 de maio de 2017


AS FLORES E OS FRUTOS DOS DRAGOEIROS
Os dragoeiros (Dracaena draco subsp. draco) são plantas arborescentes endémicas da Macaronésia.
Neste momento já estão floridos e continuarão com flores até ao fim de Junho para gáudio das abelhas, que recompensam a oferta do néctar com a polinização.
Nas mesmas plantas com enormes inflorescências de flores nuas, mantêm-se os cachos de frutos produzidos graças à polinização do ano passado. Os frutos esféricos e alaranjados estão maduros, prontos a libertar as sementes.
Maio e Junho são os meses ideais para colher as sementes e fazer as sementeiras. A taxa de sucesso é elevadíssima.
Numa altura em que o escaravelho já começou a dizimar as palmeiras de leque (Washingtonia filifera e Washingtonia robusta) é tempo para apostarmos, em alternativa, na plantação de dragoeiros em larga escala. É chegado o tempo de recuperarmos os primitivos e belos dragoais.

Raimundo Quintal

1 comentário:

Anónimo disse...

Os dragoeiros sempre ficam melhor do que as palmeiras, retiram aquela paisagem africana subdesenvolvida. Dragoeiros e ciprestes darão uma paisagem mediterrânica à Madeira.