quinta-feira, 25 de maio de 2017

Camacha


COMUNICADO DA COMISSÃO POLÍTICA PSD

O PSD/Camacha vem, por este meio, reagir ao anúncio do Executivo JPP sobre a construção de um mercado Agrícola na Praça Principal da Freguesia:
  1. Este anúncio feito pelo executivo de Santa Cruz é lamentável, não só por estar enquadrado numa maquilhada operação de campanha política, em véspera de eleições, mas também por constituir um verdadeiro atentado à imagem do centro da Achada e uma distorção paisagística gravosa deste centro.
  2. O executivo JPP só vem confirmar com esta proposta que esteve totalmente desligado da Camacha nestes últimos três anos e meio, quiçá por estar demasiado ocupado a carpir mágoas e a se lamentar da vida, em vez de “deitar mãos à obra” e de olhar pela população desta freguesia.
  3. Não se entende como é possível projetar uma estrutura em cima de uma praça histórica, que afetará, no sentido redutor, toda a mística deste local. Tal ambição apenas acusa uma visão limitada de quem idealizou esta ‘barraca’ e o local de implantação, pois quebra totalmente o elo histórico de um dos edifícios mais emblemáticos com a Praça da Freguesia, mais concretamente o ‘David do Guilherme’ (será que sabem onde fica?), ameaçando excluí-lo do centro da Achada e privando os ocupantes da praça de disfrutar da agradável vista que o edifício nos oferece. O mesmo acontece à visão do cenário agreste e natural de toda a encosta dos Casais D’Além.
  4. Não menos grave, é claramente a falta de auscultação da população e demais entidades, ainda mais sabendo-se que já existem ideias e possíveis soluções para a construção de um mercado agrícola na Freguesia. Não poderão ser uns senhores de Gaula, que agora se lembraram de fazer manobras de campanha na Camacha, que vão mandar e desmandar a seu belo prazer os destinos da nossa Freguesia sem consultar quem quer que seja. Respeito, alguma lucidez e bom senso, é o que se pede.
  5. O PSD/Camacha olha para a sua freguesia em toda a sua amplitude e olhando ao seu crescimento nos últimos anos. Hoje, o centro deixou de ser o Largo da Achada. É mais abrangente. É, por isso, possível considerar outros espaços, perfeitamente enquadrados com os requisitos, para implantação de um mercado agrícola, digno dos agricultores da Camacha e de todos os seus visitantes.
  6. Ainda que nos agrade que o Município de Santa Cruz finalmente se tenha lembrado que existem mais Freguesias para além de Gaula e de fazer investimento na Camacha, lamentavelmente sentimos que esta “montra de verduras e legumes” não será o mercado que os agricultores de toda a Freguesia precisam e representa uma falta de consideração pelos mesmos. Melhor seria a solução que outrora a Junta de Freguesia bem implementou.

Camacha, 25 de maio de 2017

A Comissão Política do PSD/Camacha

10 comentários:

Anónimo disse...

Tristeza... ao ponto que estes chegaram. Coitado de quem não se enxerga.

Anónimo disse...

Comunicado de Ressabiados para encher chouriços.
Quantas inaugurações fizeram e fazem em período de Campanha Eleitoral? Estão a ver que a Camara está a fugir-lhes novamente.
Vão falar com o acordeonista, pode ser que ele saiba algo.
Força JPP, Camacha é de vocês.

Anónimo disse...

Eh pá ó PSD's da Camacha. Convém comprar um espelho.
Malhar nos verdinhos está certo, mas não por coisas que vocês se fartaram de fazer, né ?

Anónimo disse...

Plenamente de acordo.
Um atentado.
Não estava no programa eleitoral. Não tem aprovação local
Esta ideia maluca do Mercado naquele local, não tem o apoio da população e nas eleições vão levar a resposta

Anónimo disse...

Fazer um mercado naquela praça é uma ideia de jerico. Tão simples quanto isso.
Espero que os camacheiros corram a pontapé quem quiser levar tal alarvidade avante.

Jpupu disse...

Alem do mercado não se podia fazer também um posto zootécnico ? Por exemplo as cabras da quinta escuna ? Os burros recambiados de guaula ? Uma jaula para os advogados milionário s de Lisboa ?

Anónimo disse...

Não me digam que lá vai o terreno do Rei da Camacha, aquele que queria usar as cabras para se deslocarem a Sta Cruz?
Por isso está todo este espalhafato.
O Santander é que vai dizer como é, aquilo agora não é o Banif

Anónimo disse...

Na Camacha "mandam o que lá estão"...mas não é este JPP da Camacha que se agacha até à Casa do Povo

Anónimo disse...

A Camacha precisa de readquirir vida que perdeu com 40 anos de PSD na autarquia e o ultimo que passou até era Camacheiro...cantor e cantoneiro...foi acantonado..

Anónimo disse...

Deve ser deve... Fala por ti!
Os meus votam PSD!!!