quarta-feira, 10 de maio de 2017

Opinião


Os vende chuchas


Raquel Coelho *


Após ver o noticiário da RTP-Madeira e o programa Parlamento de ontem, tenho de dar uma salva de palmas aos brilhantes atores da política regional - os senhores deputados Rui Barreto (CDS), Mário Pereira (CDS),  Jaime Leandro (PS), Rodrigo Trancoso (BE) e Sílvia Vasconcelos (PCP) -, foi de facto um espetáculo maravilhoso ouvi-los carpir o seu mais profundo desalento e transtorno por terem ficado privados por cerca de uma hora das suas intervenções na Assembleia Legislativa da Madeira em consequência do justo protesto do deputado José Manuel Coelho, pela libertação da presa política, Maria de Lurdes Rodrigues, encarcerada nas masmorras do Estabelecimento Prisional de Tires há cerca de 7 meses.


“Nós queremos exercer as nossas funções, mas o deputado Coelho não nos permite com as suas reiteradas interrupções e protestos”, vociferou um deles. “Há que mudar o Regimento da Assembleia e esperar pela atuação do Ministério Público”, disse outro. “Existem diplomas importantes que ficam por discutir”, lembrou Sílvia Vasconcelos. Pois bem, quem quiser passar um momento hilariante, recomendo vivamente assistirem às declarações dos senhores deputados, foi de facto brilhante a prestação destes ilustres políticos da praça madeirense. Eu até tive de ir buscar um lencinho para enxugar as lágrimas que me caíram de tanto rir, após assistir o teatrinho lamechas destes senhores deputados. Estavam com tanta vontade em trabalhar e o deputado Trabalhista negou-lhes esse direito, que tragédia...

Já agora a talhe de foice e porque estamos perante uma Assembleia repleta de deputados devotíssimos da causa pública, já vamos no dia nove de Maio e o plenário da ALRAM ainda só reuniu duas manhãs. Sim, sim... sem querer maldizer a verdade é que o plenário este mês só funcionou, duas vezes, entre as nove da manhã e a uma hora da tarde por deliberação da reunião de líderes. E segundo a agenda que foi disponibilizada pela Conferencia de Líderes da Assembleia Legislativa da RAM, dos vinte e três dias úteis do mês, só haverá reunião plenária oito vezes por decisão da maioria parlamentar. Querem tanto trabalhar e só agendaram oito reuniões plenárias para este mês, e até foi uma média boa tendo em conta que no mês de Abril apenas reuniram seis vezes.

Isto ao fim ao cabo está-se mesmo a ver, que os senhores deputados querem trabalhar e o deputado Coelho é que está a obstaculizar.


* Dirigente do PTP-Madeira

25 comentários:

Anónimo disse...

"Justo" protesto....
Esta gentinha que tanto critica o regime vem depois fazer o mesmo: impor e desrespeitar os outros.
Mas a culpa disto é de quem votou neles.

Anónimo disse...

Raquel,
a ALR não serve para debater problemas individuais ou de amigos. A ALR serve para debater problemas transversais à população madeirense, que, individualmente tem os seus problemas. Se formos debater os problemas particulares de cada madeirense na ALR, muito mal estaríamos.
Por outro lado, o papá Coelho tem de perceber que a democracia funciona para os dois lados, o dele e o dos outros, que têm tanto direito como ele. Além disso, a falta de respeito é enorme!!!

A senhora está presa por desrespeitar várias ordens do tribunal. Os meios próprios não lhe dão razão, e ela insistiu no erro. Democracia não é essa senhora fazer o que quer e agora vir transformar-se em mártir.

Anónimo disse...

Hahaha vende chuchas.

Anónimo disse...

O comentador das 09.37 disse tudo, a democracia funciona para os 2 lados.
O Deputado Coelho parece aqueles meninos que vão para o recreio puxar o cabelo aos outros, dar pontapés e não deixar mais ninguém andar no escorrega, mas depois se queixam à professora que os outros meninos não brincam com ele.
Assim não, já não se aguenta.

Anónimo disse...

O vitinho baboso e o barrete são umas verdadeiras anedotas.

Anónimo disse...

A lata da menina ! A sua verdadeira preocupação é perder o alto "rendimento" que recebe sem fazer nada a não ser desrespeitar e insultar os outros. O povo vai encarregar-se de vos mandar para casa e dar lugar a quem queira realmente trabalhar.

A menina lembra-me a história da mamã que dizia que só o seu filho é que ia com o passo certo na formatura. TODOS os partidos acham que o que o seu papá faz está errado. Mas V. Exa. que se acha mais esperta que todos, entende que o Sr. Coelho faz muito bem.

Não há pachorra

Anónimo disse...

Discordo da actividade circense da ALM, mas afinal aquela Casa de Loucos, tanto deputados como dirigentes com as suas atitudes denegridem a ALM. Agora requerer que o MP, avalie o que se passou ontem, trata-se de dar tiros nos pezinhos, afinal o deputado Coelho e todos os outros o que fazem pelo povo, a ALM torna-se dispensavel para a Madeira, e que venha rapidamente Lisboa orientar e governar esta terra. Afinal a ALM, tornou-se obsoleta, uma Casa cheia de falcatruas, ilegalidades, dirigentes e chefias que enterram ainda mais a dita Casa, o MP tb deveria investigar os rabos de palha dessas pessoas.

Anónimo disse...

É pena o sr. coelho desbaratar toda a luta do passado contra o jardinismo desta forma irracional e infantil! Conheço muita gente que até gostava das suas lutas, mas agora já não irá votar mais no PTP.

Anónimo disse...

Uma Assembleia que se diz democrática permite presos políticos? permite que alguém esteja preso por criticas a um orgão de soberania (justiça) . Se assim o é... é melhor fechar é porque não estão a fazer nada.

Anónimo disse...

Raquel Coelho de facto isto é tudo uma grande hipocrisia, vocês que tenham muita força para desmontar esta democracia fantoche.

Anónimo disse...

O Coelho é louco, mas é graças aos loucos, aos sonhares que as sociedades evoluem.

Anónimo disse...

Defender o paisinho faz muito bem.

Anónimo disse...

Pois é queixam-se por terem deixado de falar uma hora, e passam 15 dias por mês sem fazer nenhum. Isto está visto...obrigada Raquel

Anónimo disse...

A liberdade de expressão é o primeiro direito a ser defendido e garantido pela Assembleia, mas está tudo calado!!!

Anónimo disse...

Lutas infantis? Lutar pela liberdade de expressão e pela libertação da Maria de Lurdes devia ser o assunto nº 1 neste país, sem liberdade de expressão o sistema democrática definha. Ha gente mesmo ignorante, posso nao concordar com todas as lutas do Coelho, mas nesta caramba tem razão.

Anónimo disse...

Só tenho pena que o Coelho não seja reconhecido pelo seu empenho à causa pública, não existe certamente deputado que ame a sua terra mais ele.

Anónimo disse...

A democracia é um embuste que nos impingem e o Coelho só agora é que chegou a essa conclusão. Boa sorte em tentar pôr isso na cabeça desta gente burra e ignorante.

Anónimo disse...

Que fedelha fogo...

Anónimo disse...

"Maria de Lurdes Rodrigues, encarcerada nas masmorras do Estabelecimento Prisional de Tires há cerca de 7 meses."

Coelho arrisca-se a ter o mesmo fim...e depois quem "lutará" pelos 2?

Anónimo disse...

As "loucuras" do JMC toda a agente conhece, a falta de preparação e incompetência da grande maioria dos deputados, também. Ficamos agora a saber que pouco ou nada fazem e que é só Show Off.

Anónimo disse...

Não deixa de ser curioso.
Primeiro, o caso Maria de Lurdes Rodrigues foi pegado pelo Deputado Coelho para poder fazer cabeçalhos que é no fundo o objetivo último dele. É este tema, como podia ter sido qualquer outro, com mais ou menos mérito. O que lhe interessa é visualizações no FB.
Segundo, este caso tem imensos contornos que as pessoas desconhecem, porque é mais fácil para as nossas consciências acharmos que estamos a defender uma vítima do sistema. Na verdade, a senhora está presa por desobedecer a várias ordens do Tribunal num Estado de Direito (sim, porque nenhum governo é ideal, mas quem diz que não vivemos num Estado de Direito ñão tem claramente noção do que é o mundo) e por ter cometido crimes. Está a cumprir pena de prisão por isso.
Pode parecer muito esquisito para a família Coelho, mas a lei portuguesa determina que a difamação, que é crime, implica o cumprimento efetivo de pena. E os deputados que gostam de fazer strip-tease não estão acima da lei.

Anónimo disse...

O comentador anónimo de 10 de maio de 2017 às 14:24 ainda vive no 24 de Abril.

Anónimo disse...

Não vive em 24de abril.
Vive é num estado de direito, que você parece desconhecer. Tal como o Sr. Coelho, confundem desobediência aos tribunais, com liberdade.

Anónimo disse...

Nunca entendi porque esta assembleia reúne na melhor das hipóteses 3 manhãs por semana, ganham os salários por inteiro, e deixam sempre projectos pendentes com a mudança de legislatura.
Sempre foi assim e agora parece estar pior.
Quanto ao Coelho está se a tornar irritante, mas acaba por fazer um favor aos outros deputados.
Lembro-me à uns anos o Romeira em São Vicente, ganhava metade do salário, para não abandonar os seus doentes, e parecia que o mundo ia acabar.
Estes deputados sentam-se 3 manhãs e está tudo bem. E não venham com tretas, basta ligar para os seus gabinetes de advogados que lá estão à tarde.
Sejam sérios entreguem o resto do salário para caridade.

Anónimo disse...

É assim mesmo Raquel, esses deputados que não fazem nada também precisam de ser desmascarados!
Autonomia para quê?
Para termos um Governo autónomo que não quer saber do povo para nada?
Para termos deputados que são muito bem pagos mas que também não estão para se chatear a defender o povo?
Venha um governo da República! A ver se acaba com esta mamadeira que a autonomia nos trouxe. Só ganham alguns com ela, o povo continua a ser espezinhado. Nem mobilidade, nem ferry, nem saúde, nem meios aéreos contra incêndios, nem avião cargueiro... só monopólios, obras lançadas para engordar os mesmos empreiteiros, concursos de fachada, os funcionários públicos na Madeira entraram todos por cunha... Isto é que é democracia? Acabem com esta autonomia porque isto não serve o povo da Madeira. Estão é a se servir do povo da Madeira, isso sim!