segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Autárquicas/Funchal


Rubina Leal vai criar 
espaço de lazer e merendas 
no Montado da Esperança

Rubina Leal, candidata do PSD à Câmara Municipal do Funchal, vai requalificar o Montado da Esperança, com vista a criar um espaço de lazer e de merendas, oferecendo melhores condições às pessoas e famílias que queiram usufruir daquele espaço.

“Aquilo que eu pretendo é apoiar na requalificação deste Montado, preservar este local durante todo o ano e criar aqui um novo parque, com condições de lazer e de merendas para toda a população e para os visitantes”, disse ontem a candidata, durante a Festa da Alegria que decorreu no Montado da Esperança.

Realçando a importância “vital” daquele espaço não só pelo elevado interesse botânico e patrimonial, uma vez que para além das espécies endémicas, existe uma capela edificada no século XV, a candidata alertou que é necessário haver um cuidado especial por parte do atual executivo camarário na limpeza daquele local, que faz fronteira entre a zona florestal e a zona urbana.

"Quando ocorre uma desgraça, como foi o caso dos incêndios do ano passado, temos o dever de apoiar as pessoas. De nos colocarmos no lugar delas e rapidamente repor a normalidade", sublinhou Rubina Leal, dizendo que esse trabalho faz-se “posando menos para a fotografia” e mais protegendo os bens das pessoas, limpando os terrenos e criando zonas tampão entre os espaços florestais e urbanos.

Lamentando que um ano após os incêndios de Agosto, a Câmara nada tenha feito para proteger e apoiar a população, Rubina Leal perguntou pelos apoios prometidos pela Câmara às vítimas dos incêndios e pelos três milhões de euros que vieram do Turismo de Portugal para a recuperação de edifícios de interesse cultural e patrimonial.

"Qual foi o papel da Câmara Municipal do Funchal na limpeza e proteção das habitações e na limpeza do espaço verde da Cidade?", perguntou, lembrando o papel ativo do Governo Regional, que só naquela zona já limpou perto de 3,5 hectares. 
Texto: PSD

8 comentários:

Anónimo disse...

Desde já fazia um apelo a Rubina Leal assim como lhe pedia um especial favor:
Por favor faça um intervalo nas Promessas Diárias nem que seja por um dia é que acabei agora de preencher todo o caderno de apontamentos com as promessas todas desta candidata e tenho de me deslocar a baixa para comprar outro, para apartir de 2 Outubro proceder a compilação e editar um Livro.

Anónimo disse...

Não é esta candidata que ainda a pouco dizia que:
A politica não se faz com mentiras...
Ela tem o ADN do Miguel Albuquerque Promessas Falsas, prometem o Ceu na Terra e realizações#Zero.

E ainda faltam 54 dias ou sejam 54 Promessas, muito o comentarista das 22,29h vai ter de escrever e de apontar no seu caderno.

Anónimo disse...

Curiosos os nomes associados:
Montado da Esperança :-)
Festa da Alegria :-) :-)
Tanta coisa me passou pela cabeça. A conjuntura política atual tem destas coisas :-) :-) :-)

Anónimo disse...

Não esquecer na promessa, o parque de merendas ter as condições mínimas ou seja venda de poncha martelada e um lugar privado para eu e a Minha Maria dado o ambiente envolvente nos podermos reproduzir porque a vida é uma só e ainda somos jovens.
Pois de certeza a Rubina Leal já terá incluído a Promenade e a Ciclovia no local.

Anónimo disse...

Esta Rubina anda desesperada com os resultados da sondagem há poucos dias encomendada pelo PSD e agora todos os dias vem com nova promessa e vai a todos os locais onde estejam mais de uma dúzia de pessoas.
Estão num desespero total pois chegaram a conclusão que a População do Funchal já não é Carneira, sabe o que faz, pensa pela sua própria cabeça e é soberana.

Anónimo disse...

...mas este espaço não fica no enfiamento da carreira de tiro do Clube de Caçadores de Santo António?...é que estar a comer um macarrão e levar uma chumbada não deve ser nada agradável.

Anónimo disse...

Coitada andou na Festa e ninguém notava a sua presença, tiveram de ligar para aparecer mais uns militantes e aproveitar a banda de música de serviço, paga pelos contribuintes para fazer a ronda com a candidata pelas barracas.
E de repente quando esta ideia, já é antiga, do parque para comer, como a promessa do PSD, feita desde 1993, da construção de um centro de dia e da nova Junta, volta a candidata a fazer mais umas promessas. Agora, em solução para tudo até para a marina do Lugar de baixo. Eleições não é sinonimo de falsas promessas os tempos Mudaram e ninguém lhe diz nada.

Anónimo disse...

E a Banda de Musica que foi convidada para a Festividade esteve ao serviço da candidata????
Que vergonha, só nesta terra.

E os Festeiros não dizem nada nem são chamados a dar explicações!!